A paróquia Nossa Senhora das Graças encontra-se num lugar privilegiado, em meio à abundante vegetação tropical da Mata Atlântica brasileira, nos altos da Serra da Cantareira. O nome desses montes evoca um belo simbolismo: em idos tempos, as propriedades ao norte da então pequena cidade de São Paulo abasteciam-se dos mananciais de água pura que neles brotam. O precioso líquido era transportado em cântaros, que ficavam depositados junto às estradas da região. Daí nasceu o nome será: “Cantareira”.

A dedicação da Igreja São Judas Tadeu fez surgir, nesse mesmo local, uma abundante fonte de Água Viva, da qual fala o evangelho (cf. Jo 4, 10-15). A partir do momento em que foi consagrado, passaram a defluir desse templo as torrentes de graças divinas que o Santo Sacrifício da Missa, bem como os demais sacramentos ali ministrados, disponibilizam para todos os fiéis, saciando sua sede de Infinito.

Com enorme alegria os arautos participaram da solene celebração litúrgica de dedicação, a qual foi presidida por S. Excia. Revma. D. Sérgio Aparecido Colombo, Bispo Diocesano de Bragança Paulista e concelebrada pelo Revmo. Pe. Caio Newton de Assis Fonseca, EP, Paróco; o Revmo. Pe. Erick Bernardes Marchel, EP, Admin. Paroquial; e o Revmo. Pe. Alex Barbosa de Brito, EP, Presidente dos Arautos do Evangelho; O Revmo. Pe. Diego Braga Buoso, Mestre de Cerimônias de Bragança Paulista; e mais três sacerdotes arautos.

Seguindo o costume multissecular da Igreja, foram depositados sob o altar relíquias de santos, dentre as quais destaca-se a do Castíssimo Esposo de Maria, São José, e dos doze apóstolos. Tal tradição originou-se nos primeiros séculos da Igreja, nos espaços limitados e recônditos das Catacumbas, onde se tornou habitual celebrar a Missa sobre a pedra tumular de um mártir.

A cerimônia contou com a honrosa participação do Exmo. Senhor Antonio Aiacyda, Prefeito do município de Mairiporã, o senhor Fernando Rachas Ribeiro, Vereador do município de Mairiporã e  o senhor Lucas Esteves Barbosa, Delegado da Polícia Civil em Francisco Morato.

Centenas de fiéis lotaram o templo sagrado e suas imediações a fim de presenciar este grande acontecimento em nossa paróquia.

Veja as fotos!